23 de novembro de 2013

Registro dos cometas ISON e Encke


O cometa ISON já está sendo registrado pelas câmeras das sondas NASA STEREO. Ontem, os astrônomos amadores on-line foram muito rápidos em apontar que cometa ISON tinha entrado no campo de visão da NASA STEREO. O interessante é que, no início do filme, aparece também o cometa Encke com sua cauda tremulando por conta das variações do vento solar, logo em seguida aparece o cometa ISON, muito mais luminoso. As sondas Stereo irão acompanhar o cometa ISON em seu periélio, momento em que estará escondido por detrás do Sol para um observador na Terra.

video

23 de agosto de 2013

Nova Delphinus 2013 e objeto não identificado


Imagens: Jr Martini

O físico e astrônomo amador Jr Martini, registrou a passagem de um objeto não identificado, o registro aconteceu exatamente quando ele fazia um vídeo da Nova Delphinus 2013, na noite do dia 21 no observatório Sagitário em Botucatu–SP. Pelas coordenadas e horário, o objeto que cruzou o campo de visão da câmera, provavelmente pode ter sito um satélite. Martini tentou acompanhar o objeto com o telescópio, mas não obteve sucesso, pois o equipamento estava no modo lento.

video 
Telescópio Meade SCT 254 mm - F = 2500 mm - câmera planetária ASI 120 MC + redutor focal 0.63 (F/6.3) - frames com exposição de 0.365 s cada.

Créditos: Jr Martini

21 de agosto de 2013

Maior observatório astronômico do Brasil será construído em Amparo-SP


Uma parceria firmada entre a Prefeitura Municipal de Amparo e iniciativa privada vai trazer para a cidade o maior observatório astronômico aberto à visitação pública do Brasil. O complexo a ser instalado no município terá ainda um moderno planetário, uma estação meteorológica e espaço para realização de eventos.
O Polo Astronômico de Amparo tem investimento previsto de aproximadamente R$ 2,3 milhões e será construído em uma área que fica distante cerca de 15 quilômetros do centro da cidade. Seu principal objetivo é programar atividades de ensino e difusão da astronomia e ciências afins para estudantes, professores e interessados; também vai realizar atividades culturais e de difusão científica para turistas e promoverá programas de pesquisas científicas.
A estrutura do Polo Astronômico de Amparo será construída em uma área de 54 mil metros quadrados, a 995 metros de altura em relação ao nível do mar. As construções dos prédios do complexo estão orçadas em R$ 900 mil e R$ 1,3 milhão é o custo estimado dos equipamentos a serem instalados.
O maior observatório astronômico do Brasil aberto ao público será equipado com quatro modernos telescópios refletores computadorizados e com acesso remoto, com aberturas que variam de 350 a 700 milímetros, além de outros dois, sendo um exclusivamente dedicado para observação solar em H-alfa e luz visível.
Planetário - Quando for inaugurado, possivelmente no final do próximo ano, o mais moderno planetário brasileiro vai proporcionar aos visitantes projeções (em uma cúpula semiesférica) do céu estrelado em qualquer época do ano de qualquer lugar da terra simulações de viagens espaciais e projeção digital hemisférica de qualquer tipo de vídeos e animações sobre qualquer área do conhecimento.
No complexo também haverá espaço dedicado para a observação do céu a olho nu, com binóculos e pequenos telescópios. O mesmo espaço também poderá ser utilizado para capacitação de professores, cursos de treinamento técnico, convenções e apresentações musicais.
Na parceria firmada entre a Prefeitura Sphaera Planetária, caberá a empresa arcar com todos os investimentos e à prefeitura aprovar na Câmara uma lei que cria um sítio astronômico (controle da poluição luminosa) no entorno do complexo, além de manter a estrada rural de acesso e instalar placas indicativas para facilitar o acesso dos visitantes.

Fonte:Prefeitura Municipal de Amparo

19 de junho de 2013

Bola de fogo cruza céu do Sudeste brasileiro - 19/06/13



Uma bola de fogo cruzou o céu diversas cidades da região Sudeste do Brasil na madrugada desta quarta-feira (19). Segundo os astrônomos a bola de fogo pode ter sido restos de um foguete chinês.
Um trabalho feito pelo Apolo11 em conjunto com o site de rastreio de lixo espacial Satview.org aponta que a bola de fogo pode ter sido causada por um pedaço de lixo espacial criado por um foguete chinês do tipo Longa Marcha 2F, identificado como 39181U. Esse artefato foi lançado recentemente e levou ao espaço astronautas chineses rumo à Estação orbital Tiangong-1. A previsão calculada para reentrada era às 11h33 de quarta-feira, 19 de junho, com margem de erro aproximada de 8 horas para mais ou para menos.

22 de abril de 2013

Meteoro ilumina céu da Argentina em 21/04/2013



video

Um meteoro iluminou o céu na madrugada deste domingo (21), em províncias do norte e do centro da Argentina, O fenômeno também foi observado em outras províncias como o Chaco, Corrientes, Formosa, Catamarca e no Paraguai. Testemunhas disseram que depois que a noite ficou completamente iluminada, eles ouviram uma forte explosão e sentiram um tremor, apesar do Instituto Nacional de terremotos da Argentina não ter registrado nenhum terremoto na região.

24 de fevereiro de 2013

Cometa Pan-STARRS visível em Março/2013


Clique para ver o vídeo
Muito além das órbitas de Netuno e Plutão, onde o Sol é um pontinho de luz não muito mais brilhante que as outras estrelas, um enxame enorme de corpos gelados circunda o sistema solar. Os astrônomos chamam de "Nuvem de Oort", e é a fonte de alguns dos melhores cometas da história.
Em 06 junho de 2011 um novo cometa foi descoberto, e foi chamado de “Pan-STARRS” que é o acrônimo do telescópio que o encontrou.

No início de março, o cometa irá passar cerca de 100 milhões de quilômetros da Terra, em um breve mergulho dentro da órbita de Mercúrio. A maioria dos especialistas espera que ele se torne um objeto visível a olho nu tão brilhante quanto as estrelas da Ursa Maior.

Mas, diz Karl Battams do Laboratório de Pesquisa Naval, "prepare-se para ser surpreendido. Um novo cometa a partir da Nuvem de Oort é sempre uma incógnita, a passagem dele tanto pode ser um espetáculo, como também pode ser uma frustação". O cometa Pan-STARRS nunca foi testado pelo calor feroz e força gravitacional do Sol. Tudo depende do que vai acontecer com o material congelado existente no cometa, se as veias congeladas do cometa se abrirem, isso poderá lançar jatos berrantes de gás e poeira no céu noturno.

"Devido à sua pequena distância do sol, Pan-STARRS deve ser muito ativo, produzindo uma grande quantidade de poeira", prevê Matthew Knight do Observatório Lowell.
No entanto, ele adverte: "Ainda será difícil de ver. Do nosso ponto de vista sobre a Terra, o cometa estará muito perto do sol. Isso significa que ele só será observável no crepúsculo, quando o céu não é totalmente escuro".

As melhores datas para observá-lo serão nos dias 12 e 13 de março, é quando Pan-STARRS surge no céu do por do Sol ocidental não muito longe da lua crescente. "Meu palpite é que a principal característica visível a olho nu será o coma gasoso em torno da cabeça do cometa", diz Knight. "A cauda do cometa provavelmente exigirá binóculos ou um pequeno telescópio".

Duas outras datas importantes são 5 de março, quando o cometa se aproxima da Terra (cerca de 100 milhões de quilômetros) e 10 de março, quando o cometa se aproxima mais do sol. A dose de aquecimento solar que recebe apenas dentro da órbita de Mercúrio poderia ser apenas o que o cometa precisa para se tornar visível a olho nu.

Fonte: Science.Nasa

Atualização 02/03/2013

O cometa C/2011 L4 foi visto na noite desta sexta no Vale do Sinos no Rio Grande do Sul - Brasil. O fotógrafo do Jornal NH Inézio Machado e o pesquisador de Astronomia Leonardo Severi fotografaram o astro por volta das 19h30 desta sexta-feira com suas câmeras instaladas no bairro Cidade Nova, em Ivoti. 
Foto: Inézio Machado/GES

Atualização 11/03/2013

Foto do Cometa PanSTARRS capturada por Bruno Lemos em Aquidauana-MS - Brasil

Foto tirada por Douglas Bortolanza Lara no céu de Dourado-MS - Brasil
O cometa C/2011 L4, conhecido também como Panstarrs, foi visto na noite desta sexta no Vale do Sinos. O fotógrafo do Jornal NH Inézio Machado e o pesquisador de Astronomia Leonardo Severi fotografaram o astro por volta das 19h30 desta sexta-feira com suas câmeras instaladas no bairro Cidade Nova, em Ivoti.  - See more at: http://www.diariodecanoas.com.br/regiao/441876/cometa-panstarrs-e-visto-na-noite-desta-sexta-feira-no-vale-do-sinos.html#sthash.0bBry0LL.dpuf

17 de fevereiro de 2013

Bola de fogo no céu da California (EUA)



Uma bola de fogo foi vista caindo do céu nos Estados Unidos nesta sexta-feira (15), mesmo dia em que caiu a chuva de meteoritos na Rússia e que um asteroide passou "raspando" pela Terra.
Um vídeo amador gravado por um motorista na Califórnia mostra uma bola brilhante cruzando rapidamente o céu. Várias testemunhas afirmaram ter visto a bola de fogo caindo.
Esse evento é apenas uma coincidência com o ocorrido na Rússia, pois meteoritos caem diversas vezes todos os dias na Terra. Esses corpos celestes são muito difíceis de serem detectados do espaço por serem muito pequenos, isso dificulta o registro do evento. Também devemos levar em consideração que a água cobre 71% da superfície da Terra, logo, a probabilidade de registrar esse tipo de evento em terra, é bem menor.

LeiaTambém: